1 de ago de 2012

Bilionário russo pretende propiciar a imortalidade humana a partir de 2045

O magnata tem a intenção de alojar mentes artificiais humanas em avatares holográficos que durem para todo o sempre!

Um magnata russo está planejando alcançar a imortalidade cibernética dentro dos próximos 33 anos. A ideia é muito mais séria do que pode parecer à primeira vista, tanto é que o multimilionário do país da vodka já tem uma equipe inteira de profissionais trabalhando no desenvolvimento de unidades holográficas funcionais com capacidade de
carregar um cérebro artificial humano. Agora, o russo está tentando reunir mais bilionários ao redor do mundo interessados em colaborar financeiramente com o intento.
O homem por trás do projeto “2045 Initiative” — descrita como uma organização sem fins lucrativos — é Dmitry Itskov. A lista de metas e prazos que o russo estipulou para o desenvolvimento da obra é um tanto ambiciosa. Segundo a imagem acima, divulgada no site oficial do projeto, as ações preteridas são as seguintes:

  • Até 2020: a criação, com sucesso, de um avatar para o qual um cérebro humano possa ser transplantado.

  • Até 2025: conseguir transplantar com sucesso o cérebro de uma pessoa no final da vida para o avatar.

  • Até 2030: criar um cérebro artificial.

  • Até 2035: conseguir, com sucesso, transplantar o cérebro artificial para o avatar.

  • Até 2040: a criação de um corpo holográfico.

  • Até 2045: finalmente transplantar o cérebro artificial humano para o avatar holográfico, representando o ser imortal.

No entanto, o conceituado engenheiro Dario Borghino, da Polytechnic University of Turin, alertou a ideia do projeto para o fato que, em muitas vezes, as tecnologias mais improváveis se tornam mais fáceis de serem aceitas quando olhamos para um futuro distante. Contudo, se pensarmos com racionalidade, 2045 não está tão longe assim... “Então, qual a probabilidade de um projeto desse ter sucesso?”.

Eu acredito que é um projeto inicial que possa dar muito certo no futuro e possa gerar muito frutos para a humanidade e um longo e bom passo. E você, o que acha?

Um comentário:

  1. Eu acho que é possível continuar vivendo e tomando decisões como um droid, talvez realmente não aja uma alma, mas os grandes homens continuarão vivendo...
    Mas ai vem a questão, sera que é possível um droid continuar criando e inovando sem uma alma, apenas com os conhecimentos adquiridos em vida, também acho que o único atraso do ser humano é a religião, eu sou ateu, acredito muito na ciência e acho que exista sim um deus, que não se compara a qualquer religião humana e que queira que nos evoluímos para um dia talvez nos ajudarmos esse tal deus que possa ser o maior cientista de todo o universo. Não existe maneiras de provar essas teorias, nem cientificas e muito menos religiosas, mas que o ser humano deveria criar o caos para depois vir a perfeição deveria.
    Acho que ate demoro para começão e evoluir de tal maneira!!!

    ResponderExcluir